Artista moçambicano abre VIVADANÇA

ESPETÁCULO “TEARS” ABRE A PROGRAMAÇÃO DO VIVADANÇA FESTIVAL INTERNACIONAL
O espetáculo “Tears”, solo do coreógrafo moçambicano Edivaldo Ernesto, abrirá a programação da 13ª edição do VIVADANÇA Festival Internacional, amanhã (16.04, terça), às 19h, no Teatro Vila Velha. O evento, que celebra o mês da dança, acontece entre os dias 16 e 29 de abril, ocupando 10 espaços da cidade com uma programação intensa de espetáculos, oficinas, mesas de debate, mediação e rodadas de negócios. A programação completa está disponível no site www.festivalvivadanca.com.br


Concebido e coreografado por Ernesto, “Tears” é um espetáculo de dança contemporânea que traz um homem entre o medo e a dúvida, incomodado por questionamentos irracionais.


Assistimos a sua jornada através das regras que se tornaram papéis desconfortáveis. Na tensão inquebrável entre o performer e o público, a montagem reflete sobre o que você pode ou não fazer quando exige liberdade. Descarregando a raiva, implodindo em conexões claustrofóbicas, ele entra em uma reação transformadora, com explosões de energia imprevisíveis e uma ilustração de movimento que se alterna em sensível contraste com a música.
Nome de prestígio da dança mundial, Ernesto iniciou seu trabalho com o estudo da dança tradicional de Moçambique e tem se destacado pela criatividade nas coreografias e pelas colaborações com artistas de alto prestígio na dança contemporânea, como a alemã Sasha Waltz e o venezuelano David Zambrano.
“Abrir o festival com um artista negro, africano, moçambicano que se destaca no cenário da dança contemporânea atual é não somente trazer um bom espetáculo ou um excelente workshop, mas também marcar a presença do pensamento negro que bebe da tradição e ocupa o seu espaço de interlocução e posicionamento com o mundo na atualidade”, diz Cristina Castro, diretora geral e curadora do festival.


O solo será interpretado pelo moçambicano Edivaldo Ernesto no dia 16 (terça), no Teatro Vila Velha, às 19h.

Edivaldo Ernesto é um especialista em improvisação, professor, coreógrafo, nascido em Maputo (Moçambique) e morando em Berlim desde 2001. Por 11 anos, trabalhou com David Zambrano em um dueto de performances de improvisação, criações, aulas e em turnês pelo mundo.

SERVIÇO – DANÇA
O quê: Espetáculo “Tears”
Quem: Edivaldo Ernesto
Quando: 16 de abril, 19h
Onde: Teatro Vila Velha (Av. Sete de Setembro, s/n – Passeio Público)
Quanto: R$20/R$10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *