Museus Ipac na Primavera dos Museus 2019

Entre os dias 23 a 29 de setembro, os museus administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), órgão vinculado à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), participarão da 13ª edição da Primavera dos Museus, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Durante a semana, o IPAC oferecerá em seus museus uma programação especial ligada ao tema adotado pela instituição: “Um olhar por dentro dos museus”.


Os museus geridos pelo IPAC e que farão parte programação especial são: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica, Museu Tempostal e Centro Cultural Solar Ferrão (localizados no Pelourinho); Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), no Contorno; Museu de Arte da Bahia (MAB), no Corredor da Vitória; Palacete das Artes, na Graça; além do Museu do Recolhimento dos Humildes, em Santo Amaro; e do Parque Histórico Castro Alves, localizado em Cabaceiras do Paraguaçu, onde nasceu o poeta.


Para o diretor do IPAC, João Carlos de Oliveira, a Primavera dos Museus é mais uma oportunidade para as instituições reforçarem a divulgação do trabalho que executam ao longo do ano, seja internamente ou com o público, além do próprio acervo. “É mais um ótimo momento para a ampliação das relações com a comunidade e seu entorno, o que aumenta significativamente o número de visitantes aos centros culturais e, consequentemente, o acesso da população à cultura”, disse o diretor.
A semana conta com programação especial e gratuita, com atividades lúdicas, visitas mediadas, palestras, oficinas e exibição de filmes .

As atividades vão possibilitar aos visitantes conhecerem o funcionamento dos museus e o papel exercido pelo seu corpo técnico e administrativo. Nos museus Ipac localizados no Pelourinho, por exemplo, os visitantes serão convidados a participar do roteiro de visitação, o que vai incluir uma explicação sobre as atividades desenvolvidas nas instituições museológicas. Completa a visitação, a exibição dos curtas-metragens “Nos Bastidores dos Museus” que foram produzidos especialmente para a semana, pelo Laboratório de Educação Digital (LabDimus).


Além dessas atividades conjuntas, os museus no Pelourinho programaram atividades diferenciadas durante a semana. O Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica traz uma série de cursos, palestras e exposições que dialogam com as técnicas e trabalhos em cerâmica, a exemplo do minicurso “O Livro e o Leitor: desafios de conservação”; a exposição de cerâmica contemporânea “Abstrações Primaveris”; e a palestra “Azulejos que contam a história da cidade: O passado está presente”. No Centro Cultural Solar Ferrão, destaque para o 3º Festival de Aquarela “Traduzindo Sonhos”, com 61 trabalhos de 31 aquarelistas. Já no Museu Tempostal, a programação conta com a visitação mediada especial “Da reserva técnica à exposição – medidas de preservação”.

No Palacete das Artes, acontece a 11ª Mostra de Orquídeas e Bonsai, nos dias 27, 28 e 29/09. Mais de seis mil orquídeas de espécies híbrida e nativa, além de cerca de 200 espécies de bonsai, estarão à disposição de baianos e visitantes, sempre das 9h às 20h. No encontro, em parceria com o Círculo Baiano de Orquidofilia e Centro de Excelência em Bonsai, o público poderá participar de oficinas gratuitas sobre cultivo de orquídeas e bonsai (às 10h e 15h). Em paralelo, estará à disposição de visitantes, na Sala Contemporânea do Palacete, a exposição “O Gênio dos gênios: Leonardo Da Vinci”, de Thales de Azevedo Filho; Exposição OJÚ, de Ronald Borges Jr., na Galeria Mansarda; Exposição Bahia Cores e Encantos, no primeiro pavimento; e a Exposição Carlos Augusto de Oliveira – Um pintor popular da Bahia, no segundo pavimento.


Durante a semana, o núcleo educativo do Museu de Arte da Bahia (MAB) realizará visitas técnicas aos setores que colaboram para o funcionamento estrutural e organizacional do museu. O roteiro de visitas será voltado para os setores técnicos que compõem a área museal, como o Administrativo, Laboratório de Ideias, Auditório, Comunicação, Museologia, Núcleo de Educação, Biblioteca, Conservação e Pesquisa. As visitas serão realizadas de 24 a 27/09 para grupos de 15 pessoas, no horário das 15 às 16h, de terça a sexta-feira.

Além das visitas guiadas, o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) apresenta a exposição de Ana Elisa Egreja, em “Fabulações” (Casarão); e a exposição de fotografias de Akira Cravo e Pico Garcez, convidando os jovens Vinícius Sapucaia e Renan Benedito (Capela).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *