Dia Mundial da Alimentação é comemorado com Feira Agroecológica realizada na Assembleia Legislativa em Salvador

Frutas, verduras, legumes e hortaliças fresquinhos, de alta qualidade, produzidos de forma agroecológica, sem utilização de agrotóxicos, disponíveis na Feira Agroecológica da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), marcam, nesta quarta-feira (16), o Dia Mundial da Alimentação. A ação, realizada pelo Fórum Baiano da Agricultura Familiar (FBAF), acontece durante a Jornada de Luta por Soberania Alimentar e Poder Popular.

A iniciativa, que tem o objetivo de incentivar o consumo de alimentos saudáveis, produzidos por agricultores e agricultoras familiares de diversas partes da Bahia, constitui-se ainda como um importante espaço de divulgação e comercialização de produtos processados, a exemplo do cacau em pó, mel, flocão de milho não transgênico, goma para beiju e farinha de mandioca, entre outros produtos da economia solidária como artesanatos diversos.

Dia Mundial da Alimentação é comemorado com Feira Agroecológica realizada na Assembleia Legislativa em Salvador
De acordo com o superintendente da Agricultura Familiar (Suaf), Ademilson da Rocha (Tiziu), as feiras agroecológicas são de fundamental importância para o fortalecimento da agricultura familiar, dos empreendimentos, das associações, das cooperativas e dos grupos que estão produzindo.

“Para os grupos chegarem a participar dessas feiras, passam por um processo de organização e mobilização para estarem apresentando e dando visibilidade a seus produtos. A feira também é um espaço para se relacionarem diretamente com seus consumidores, como também para a as vendas para as redes de supermercados e compras institucionais. Essa feira vem para valorizar os produtos dos agricultores e agricultoras familiares que vêm fortalecendo todo o processo da economia nos municípios, a partir da comercialização, melhorando a renda das famílias”, destacou o superintendente da Suaf.

Para Marta Suzin, enfermeira, é importante a realização desse evento na Assembleia Legislativa: “Essa é a oportunidade que nós temos de ter contato diretamente com o produtor e conseguimos utilizar produtos sem agrotóxicos. Os produtos que a gente consome são de excelente qualidade”.

Abrinco
Atualmente a produção da associação, que é de cerca de 10 toneladas ao mês, é comercializadas em diversas feiras agroecológicas e para redes de supermercados como a Mix Bahia, que possui 32 lojas; Hiper Ideal, com 15 lojas; Rede Mix, 10 lojas; e Novo Mix, 15 lojas.

A Abrinco conta com 72 associados, com maioria jovem e idade abaixo de 30 anos, que atuam no cultivo da mandioca, inhame e batata doce e de outros produtos ou na fábrica. A Associação produz e comercializa farinha de mandioca, goma para beiju, massa de aipim para bolo, aipim e inhame embalados a vácuo e resfriados, e aipim, inhame e batata doce in natura. Nas feiras são comercializados ainda outros produtos como hortaliças, legumes, frutas, verduras e mel, produzidos pelos associados.

A Feira Agroecológica da Alba acontece sempre na primeira semana de cada mês, às terças, quartas e quintas-feiras, consecutivamente.

Confira informações sobre outras feiras agroecológicas que acontecem em Salvador:

  • Tribunal Regional do Trabalho
    Terça-feira – das 8 às 14h – Rua do Cabral, 141, Nazaré
  • Igreja Messiânica da Barra
    Terça-feira – das 8 às 16h – Rua João Pondé, 231
  • Shopping Paseo Itaigara
    Terça-feira – das 10 às 13h – Rua Rubens Guelli, 135, Itaigara
  • Restaurante Viva o Grão
    Terça-feira – Pituba
  • Feira da Reforma Agrária
    Quarta-feira – das 7 às 15h – em frente ao Instituto de Biologia da UFBA, Ondina.
  • Igreja Messiânica do Garcia
    Quarta-feira – das 14 às 18h – Rua Comendador José Alves Ferreira, 212
  • Parque da Cidade
    Quinta -feira – das 6 às 8h – Avenida ACM, 1430, Itaigara
  • Escola Via Magia
    Quinta-feira – das 11h30 às 13h30 – Rua Henriqueta Catarino, 123, Federação
  • Museu de Arte da Bahia
    Quinta-feira – das 14 às 18h – Avenida Sete de Setembro, 2.340, Corredor da Vitória
  • Feira Agroecológica
    Sexta-feira – das 7 às 12h – Praça das Artes (UFBA), em Ondina – Rua Barão de Jeremoabo,
  • Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária
    Sexta-feira – das 9 ás 18h – na entrada do Piso G1 do Salvador Shopping
  • Restaurante Light House
    Sábado – das 6 às 9h30 Rua Dom Marcos Teixeira, 25 Barra
  • Companhia da Pizza
    Sábado – das 8 às 14h – Praça Brigadeiro Faria Rocha, 266, Rio Vermelho
  • Casa Amarela
    Sábado – das 8 às 11h- Rua da Curva do Vinicius, 334D, Itapuã
  • Feira da Dona Nem
    Sábado – a partir das 07:30h – Circo Picolino – Pituaçu
  • Feira de Produtos Agroecológicos do Bairro da Saúde
    Sábado – 7 às 13h – Largo da Saúde – Nazaré
  • Tribunal Regional Eleitor (TRE)
    Segunda-feira – das 11 às 16h – Espaço do Hall de entrada – Centro Administrativo da Bahia

São realizadas ainda feiras nos bairros da Pituba (Sábado – das 7 às 11h) e Rio Vermelho (Aos Sábados), na área externa da Secretaria de Desenvolvimento Rural (às quintas-feiras), entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *