Bicicletrio Toca Raul é destaque no Furdunço

No ano em que Raul Seixas completaria 75 anos de vida, o nanotrio traz mais uma vez a irreverência do artista baiano para a avenida

O bordão “Toca Rauuul” nunca foi tão levado a sério quanto ao inspirar, há cinco anos, o projeto Bicicletrio Toca Raul, um nanotrio movido a pedais que leva a irreverência da vasta obra de Raul Seixas para o Carnaval de Salvador. A banda Arapuka, tendo à frente o cantor e compositor Marcos Clement, traz clássicos como Maluco Beleza, Metamorfose Ambulante e Tente Outra Vez para o circuito carnavalesco em divertidas releituras de marchinhas e frevos, sem perder a essência rock’n roll, o que volta a acontecer neste domingo (16), 15h, durante o Furdunço, no Circuito Orlando Tapajós (Ondina-Barra)

O universo lúdico das canções de Raul Seixas já justificaria o sucesso do Bicicletrio, mas a banda Arapuka ainda capricha no figurino para lembrar por quantos personagens Raul Seixas passeou através de seus clipes e canções, e assim os músicos desfilam como o carimbador maluco, a mosca na sopa e muitos outros personagens. Como eles cantam e tocam do chão, o desfile contagia pela sua proposta de integração com o público.

“E nem precisa lembrar o quanto esse grande artista popular soteropolitano, que tem seu nome marcado na história da música brasileira, consegue atingir todas as classes sociais e faixas etárias, então a apresentação é um convite para toda a família”, reforça Marcos Clement, que, como músico independente e pesquisador da obra de Raul Seixas, tem uma estrada musical com inúmeros projetos em tributo ao maluco beleza.

O flerte de Raul Seixas com o universo carnavalesco não é uma invenção da banda Arapuka. Clement conta que o artista chegou a gravar marchinhas de Carnaval para especiais de televisão ao lado de Vanderléia. “A irreverência fora dos padrões de Raul Seixas tem tudo a ver com a proposta de descontração e subversão dessa festa”, reforça.

Desfile 2020 – Como uma metamorfose ambulante, a cada ano o Bicicletrio surge com uma cenografia diferente e com adereços e figurinos inusitados, inspirados nas divertidos figurinos que Raul Seixas usava nos shows, clipes e capas de discos. No Furdunço deste ano, o Bicicletrio Toca Raul presta uma grande homenagem ao saudoso Maluco Beleza pelos 75 anos de nascimento e 30 anos de partida, tendo como inspiração a emblemática canção Trem das 7.

O projeto une os conceitos de música de qualidade, divertimento, sustentabilidade e mobilidade urbana. Ao valorizar o uso das bicicletas, funciona como uma ação de consciência ambiental. Com cenografia temática e feita de material reciclável, o Bicicletrio Toca Raul e seus alto-falantes prometem propagar a alegria, arrastar muitos foliões e deixar sua marca por onde passar pelo seu caráter inusitado.

A ousadia e irreverência do precursor do rock brasileiro, o baiano Raul Seixas, é inspiração para o desfile. O repertório escolhido para o Carnaval apresenta grandes sucessos da carreira do baiano, como “Quem não tem Colírio”, “Aluga-se”, “Al Capone”, “Carimbador Maluco”, dentre outras, além de músicas carnavalescas gravadas por Raul Seixas, mas que grande parte do público desconhece, como “Eterno Carnaval” e “Eu vou botar pra ferver”.

O Bicicletrio Toca Raul é uma realização da Trevo Produções, empresa que desde 2010 vem se destacando no cenário cultural baiano, promovendo shows, exposições e projetos que valorizam, incentivam e divulgam artistas e manifestações culturais do estado. A apresentação no Furdunço é uma realização da Prefeitura Municipal de Salvador através da Saltur.

Banda Arapuka – Está na estrada desde 2004 na busca por imortalizar as obras de Raul Seixas. Foi criada pelos músicos Humberto Tedão e Marcos Clement, que deram esse nome à banda em homenagem ao famoso trecho “… a arapuca está armada e não adianta de fora protestar…”, da música “As aventuras de Raul Seixas na cidade de Thor (1974-Guita)”. Além de Marcos Clement, o grupo conta com outros oito experientes músicos que tocam baixo, guitarras, sopros, percussão e vozes.

A banda Arapuka, encabeçada pelo *cantor e compositor* Marcos Clement, vem promovendo diversos encontros raulseixistas e lançando projetos como o trio elétrico alternativo Tributo à Raul Seixas no circuito Barra-Ondina (carnaval de Salvador – 2005 a 2012), levando também o tributo a Raul ao projeto Carnaval nos Bairros no palco de Itapuã (2011); projeto Música no Dique (2005-2006); Comemoração do Aniversário de Raul Seixas (Praça Municipal, Parque da Cidade e Pelourinho – junho/2005 a 2012); o espetáculo “Contando Raul Seixas – Músicas e Histórias do Maluco Beleza” (2014 a 2019); e o Bicicletrio Toca Raul no Carnaval e Furdunço (2015 a 2020).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *